Workshop de apresentação do projecto de telemedicina RAFT-Angola

No âmbito do projeto de Reforço dos Serviços Municipais de Saúde (PRSMS) está a ser implementado desde Janeiro de 2014, o Projeto de Introdução de Telemedicina em sete Hospitais: Hospital Américo Boavida e Hospital Pediátrico David Bernardino em Luanda assim como os hospitais gerais nas províncias de Bengo, Lunda Sul, Malanje, Cabinda e Bié.

O projeto de telemedicina já se encontra em fase de lançamento e consolidação nos sete hospitais acima mencionados. De facto, as ferramentas de telemedicina da rede RAFT foram adaptadas e traduzidas e os coordenadores locais de cada hospital foram treinados com sucesso. Na rede já foram emitidos vários cursos (9) e discutidos vários casos clínicos não só entre os parceiros angolanos mas também entre Angola e outros países da rede RAFT, nomeadamente a Guiné.
É neste contexto que se realizou este workshop, para permitir a divulgação do projeto e a busca de elementos para a consolidação e sustentabilidade da rede de telemedicina em implementação, perspetivando a extensão da iniciativa às outras províncias de Angola.

O workshop constituiu dois dias de excelentes apresentações e de muitas discussões. Neste workshop foram apresentados os primeiros resultados do projeto piloto de telemedicina, mas também uma proposta de extensão da rede, fruto de muito trabalho e de profunda reflexão a partir das lições aprendidas na última década pela rede RAFT e pelos coordenadores nacionais do projeto em Angola.

O workshop pude contar com palestrantes nacionais e internacionais que puderam compartilhar as suas experiencias no domínio da telemedicina. Eventos como esse estreitam e fortalecem os laços da comunidade nacional e internacional de resolução no âmbito do sistema de saúde. Em um mundo tão interconectado, esse relacionamento é cada vez mais importante.

O conjunto das apresentações, o apoio recebido e a riqueza dos debates foram muito satisfatórios, e foi individual e coletivamente reafirmado e renovado o compromisso por todos os atores para seguir atuando para tornar esse projeto uma realidade para o benefício da saúde e bem-estar da população angolana.


Reportagem do "Workshop de apresentação do projecto de telemedicina RAFT-Angola" apresentado no telejornal da TPA

Deixe uma resposta